Domingo , 18 Novembro 2018
Home / Geral / Polícia investiga morte de menino de 11 anos e bebê agredido em Brejo do Piauí

Polícia investiga morte de menino de 11 anos e bebê agredido em Brejo do Piauí

Um menino de onze anos foi morto e um bebê de apenas cinco meses ficou lesionado e em estado grave em Brejo do Piauí, a 428 km de Teresina. A Polícia Civil investiga as condições em que os dois crimes aconteceram, dentro da casa de uma família na localidade Bom Lugar, na zona rural do município. O padrasto das crianças foi preso.

O delegado Yan Brayner, da delegacia de Canto do Buriti, disse que a investigação sobre o caso está em andamento, e serão necessárias diligências para que o crime seja esclarecido. “Precisamos do resultado do exame cadavérico da criança que morreu, e do depoimento da mãe das vítimas, que no momento está acompanhando o bebê no Hospital Tibério Nunes, em Floriano”, disse.

De acordo com a investigação, gritos vindos da casa foram ouvidos por testemunhas desde às 23h de sexta-feira (12) até por volta das 3h da madrugada de sábado (13). Os gritos foram reconhecidos como do padrasto e do menino que foi encontrado morto.

Pela manhã, os policiais foram chamados e encontraram o menino morto dentro da casa. “Fomos acionados às 8h da manhã. Chegando lá, a criança estava morta. Infelizmente as pessoas não preservaram a cena do crime. É uma comunidade bem humilde”, contou o delegado Yan.

O padrasto do menino foi preso. De acordo com o delegado, ele afirmou em depoimento à Polícia que teria sido o menino quem havia arremessado o bebê contra o chão, por que estaria “sob uma manifestação de espíritos”. Ele disse que agiu para controlar o garoto, e durante o esforço teria causado sua morte.

Ainda segundo o delegado Yan, a versão do padrasto apresenta contradições e pode ser contestada durante o prosseguimento das investigações. “Só poderemos ter certeza dos fatos depois do depoimento da mãe e do exame cadavérico do rapazinho”, disse.

O padrasto foi preso em flagrante, suspeito de matar o enteado de onze anos. A Polícia Civil tem dez dias para concluir o inquérito policial.

O corpo do menino foi levado para o Hospital Tibério Nunes, em Floriano, de onde deve ser encaminhado para a Perícia Criminal pelo Instituto Médico Legal. O bebê de cinco meses está internado em estado grave no mesmo hospital.

G1

Veja também

Prefeito e secretário de Campo Alegre do Fidalgo são investigados por irregularidades na previdência de servidores

O Ministério Público do Piauí, por meio da Promotoria de Justiça de São João do …