Terça-feira , 18 Dezembro 2018
Home / Destaque / MP recebe relatório de ocorrência policial envolvendo prefeito de Paes Landim acusado pela policia de resgatar um preso.

MP recebe relatório de ocorrência policial envolvendo prefeito de Paes Landim acusado pela policia de resgatar um preso.

O comando da 2ª Companhia da Polícia Militar, com sede na cidade de Simplício Mendes, entregou para o Ministério Público o relatório detalhado da ocorrência policial envolvendo o atual prefeito do município de Paes Landim, Gutemberg Moura de Araújo (Gutim), o ex-prefeito Divino Dias, e ainda os advogados Bruno e Ítalo Dias, conforme descrito pelos militares. Eles são acusados de perseguir os policiais, bater na viatura e resgatar o preso identificado por Wesley Dias filho do ex-prefeito de Paes Landim Divino Dias.

A reportagem do Portal AZ foi até o fórum desembargador José Carneiro Neto na manhã desta terça-feira (24) e conversou com a promotora de Justiça Emmanuelle Martins sobre o caso.

“Recebi na semana passada o relatório e o boletim de ocorrência. Com base no relatório que foi entregue pela Polícia Militar, a noticia de fato, o Ministério Público expediu um oficio ao delegado requisitando a instauração de um inquérito policial. Paralelo à investigação da polícia civil, o Ministério Público vai ouvir todos os envolvidos nessa ocorrência policial”, afirma a promotora.

Segundo consta no relatório policial que foi entregue ao Ministério Público, por volta das 18h40 do dia 14 de julho (sábado), a equipe de serviço na cidade de Paes Landim foi acionada para atender uma ocorrência de perturbação do sossego público que acontecia no Posto Araújo. Ao chegar no local, os policiais encontraram um paredão de som ligado em alto volume.

O proprietário do paredão foi identificado como Wesley Dias. Ele, que também é proprietário do posto foi advertido por policiais militares e teve que desligar o som. Por volta das 20h30, os policiais receberam uma nova ligação informando que o paredão havia sido ligado novamente e que continuava a incomodar. Outra vez se deslocaram até o local e ao chegarem foram desacatados por “Wesley Dias”, proprietário do paredão, com os seguintes dizeres:

“Seus policiais de merda, se vocês não podem comprar um som desses, não se incomodem com quem pode”; “Duvido prenderem essa… seus merdas”; “Vão se… seus lisos, eu sou primo do Governador e faço o que eu quiser nessa cidade”.

Assim, os policiais militares deram voz de prisão ao individuo por desacato, só que o mesmo resistiu, entrando em luta corporal com o soldado Edson. Em seguida, os policiais militares conseguiram imobilizar o acusado e colocá-lo na viatura, juntamente com o som que causava a perturbação do sossego.

Durante a condução do acusado para a delegacia Regional de Simplício Mendes, dois veículos começaram a perseguir a viatura policial, que os policiais logo perceberam que se tratava de uma S-10 e uma Hilux. Os veículos começaram a fazer manobras arriscadas na tentativa de interceptar a viatura policial e ao chegar às proximidades do povoado Betânia, os dois veículos que seguiam a viatura policial, ultrapassaram de forma brusca, quase que jogando a viatura policial para fora da estrada e em seguida pararam os carros de forma simultânea na frente, fechando totalmente a via nos dois sentidos.

O condutor da viatura tentou frear, mas não conseguiu, ocasionando uma colisão com o veículo modelo Hilux. Neste momento desceram várias pessoas dentre elas os suspeitos acima citados que resgataram o preso e fugiram.

“Se ficar comprovado os indícios de autoria e materialidade dos fatos citados, os envolvidos serão denunciados e poderão ser enquadrados no artigo 351 do Código Penal, que se refere a promover ou facilitar a fuga de pessoa legalmente presa”, falou a promotora Emmanuelle Martins.

O blogueiro e correspondente do Portal AZ conversou também com o delegado de Polícia Civil responsável pelo caso.

“Estou ciente do caso. As diligências serão realizadas com a oitiva de todos os envolvidos na ocorrência falou o delegado Luciano Santana dos Santos”, disse.

matéria relacionada

Exclusivo: Prefeito de Paes landim é acusado pela policia de causar acidente e resgatar um preso, sobrinho do governador, após prisão por desordem. Veja as informações.

Promotora de Justiça Emmanuelle Martins. Foto: JB/Portal AZ

Fonte: Portal AZ

Veja também

Conheça os produtos da Produfarma Feirense e Produbahiana, 42 anos distribuindo felicidade.

A produfarma Feirense e a Produbahiana levando a todos os sanjoanenses e amigos da região …