Sábado , 23 Junho 2018
Home / Polícia / Ex-prefeito é preso e encaminhado a a penitenciária

Ex-prefeito é preso e encaminhado a a penitenciária

O ex-prefeito de Nossa Senhora dos Remédios, Ronaldo Lages, foi preso na tarde desta segunda-feira (22), em Porto Piauí, por determinação do Juiz Ulysses Gonçalves da Silva Neto. A prisão foi efetuada pelo delegado Alisson Landim, juntamente com homens da Polícia Militar.

A prisão foi decretada após o acusado ter efetuado disparos de arma de fogo durante a festa de aniversário de NSR, em dezembro de 2017. Ronaldo, que também é Policial Civil, foi encaminhado à Penitenciária Mista de Esperantina após ser submetido à exames de corpo de delito.

Ele já ingressou com um pedido de Habeas Corpus no Tribunal de Justiça do Piauí, que tem como relator o desembargador Joaquim Dias de Santana Filho.

Entenda o caso

O Policial Civil havia sido preso em flagrante no dia 16 de dezembro após efetuar disparos com uma pistola ponto-40, de posse da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí, durante a festa de emancipação do município de Nossa Senhora dos Remédios. Ele foi solto logo depois, após pagar a fiança, mas teve sua prisão decretada dois dias depois.

Em sua defesa, Ronaldo se manifestou sobre a confusão e afirmou que tentou acalmar uma briga que estava acontecendo. “Não quis em momento algum tumultuar a festa, mas sim, tentar acalmar uma briga que aconteceu no referido evento, onde diversos homens estavam correndo para bater em um outro rapaz”, afirmou.

“Quanto ter efetuado três disparos para cima, lógico que para inibir que continuasse a briga que envolvia diversas pessoas, não teria como eu inibir gritando para o mesmo parar, por esta razão me sentir obrigado a efetuar os três disparos para conter aquela confusão”, explicou.

Em sua decisão, o juiz descreve o histórico do policial e alega diversas situações agravantes: “a postura que vem sendo manifestada pelo investigado (Ronaldo Lages) é a de absoluto desdém ao Poder Judiciário, de sorte a, em tese, não cessar posturas vulneradoras da ordem pública, mesmo após muitas condenações criminais”, diz o documento.

Veja também

PM informa que última noite de carnaval foi dentro da normalidade

O Capitão Edilson Salviano nos informa que a última noite de carnaval em São João …