Terça-feira , 22 Maio 2018
Home / Municipios / 18 de maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Veja a programação.

18 de maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Veja a programação.

18 de maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do adolescente – CMDCA, Prefeitura Municipal, Secretarias Municipais, Setores do Judiciário, Ministério Público, 12ºGRE, IFPI, PM, CT, Escolas da rede municipal, estadual e privadas, Entidades Públicas e Privadas e especialmente as famílias se mobilizam para realizar durante todo o mês de maio diversas ações de combate ao abuso de crianças e adolescentes, mobilização para a caminhada do 18 de maio, palestras e rodas de conversa sobre a prevenção e combate a todas as formas de violência praticadas contra nossos meninos e meninas.

O CMDCA, a Prefeitura Municipal através das Secretarias Municipais, programas e Serviços e outras entidades e instituições envolvidas na mobilização do 18 de maio já iniciaram os trabalhos de divulgação, mobilização e conscientização da população sanjoanense sobre o tema.
Antes vamos conhecer o que é o 18 de maio e como surgiu a data.

A CAMPANHA

História
Em 1973 um crime bárbaro chocou o Brasil. Seu desfecho escandaloso seria um símbolo de toda a violência que se comete contra as crianças.
Com apenas oito anos de idade, Araceli Cabrera Sanches foi sequestrada em 18 de maio de 1973. Ela foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba. O caso foi tomando espaço na mídia. Mesmo com o trágico aparecimento de seu corpo, desfigurado por ácido, em uma movimentada rua da cidade de Vitória (ES), poucos foram capazes de denunciar o acontecido. O silêncio da sociedade capixaba acabaria por decretar a impunidade dos criminosos.

Mobilização para a data

O dia 18 de maio foi instituído em 1998, quando cerca de 80 entidades públicas e privadas, reuniram-se na Bahia para o 1º Encontro do Ecpat no Brasil. O evento foi organizado pelo Centro de Defesa de Crianças e Adolescentes (CEDECA/BA), representante oficial do Ecpat, organização internacional que luta pelo fim da exploração sexual e comercial de crianças, pornografia e tráfico para fins sexuais, surgida na Tailândia. O encontro reuniu entidades de todo o país. Foi nessa oportunidade que surgiu a ideia de criação de um Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-Juvenil. O projeto de Lei aprovando a data foi sancionado em maio do ano 2000

Desde então, a sociedade civil em Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes promovem atividades em todo o país para conscientizar a sociedade e as autoridades sobre a gravidade da violência sexual.

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes vem manter viva a memória nacional, reafirmando a responsabilidade da sociedade brasileira em garantir os direitos de todas as suas Aracelis.A mobilização em São João do Piauí
Ao longo do ano a Prefeitura Municipal através dos seus programas e serviços realizam ações de proteção e defesa dos Direitos das crianças e adolescentes, as ações de mobilização e conscientização são intensificadas neste período no município e em todo o Brasil.

Aqui em São João do Piauí o CMDCA está à frente da mobilização, já se reuniu com agentes comunitários de saúde e outros setores. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania através do CRAS, CREAS, SCFV E NUCA estão realizando oficinas lúdicas e rodas de conversas com mães e adolescentes. A Secretaria Municipal de Educação através do setor de Psicopedagogia tem realizado oficinas lúdicas nas escolas, a Secretaria Municipal de Saúde já está se organizando para iniciar o ciclo de palestras sobre o tema.

O empresário Flávio Rodrigues é um dos apoiadores e mobilizadores do 18 de maio, a expectativa do CMDCA é que outros empresários e entidades se envolvem para conscientizar a população sanjoanense de que atentar contra a integridade física, moral e sexual das nossas crianças é crime.
Estamos todos de olho e preparados para proteger nossas crianças e adolescentes de todas as formas de violência. As famílias também devem participar, conhecer sobre o assunto e proteger seus filhos, a proteção começa em casa.

CAMINHADA DO 18 DE MAIO –
7h30min: Concentração e Organização da caminhada em frente à Escola Liberalina Paes Landim;
8h00min: Saída em caminhada em direção a praça Honório Santos ( percurso – principais ruas do centro da cidade);
9h00min: Chegada na praça Honório Santos, falas de autoridades, representantes e defensores dos Direitos das crianças e dos adolescentes.
Participe, proteja, Denuncie!

Veja também

Prefeito Gil Carlos participa do seminário “A Regularização Fundiária e o Desenvolvimento Urbano” no TJ-PI

Aconteceu, nesta quarta-feira (16), o Workshop “A Regularização Fundiária e o Desenvolvimento Urbano, pilares para …